Doces portugueses e diferentes experiências para o cliente

A parceria entre o StudioIno e a doceria B.Lem começou em 2014. Desde então, o escritório tem ajudado a marca a expandir operações, em diferentes formatos de atendimento, por vários estados do Brasil. Até meados de 2020, 32 unidades haviam sido concluídas em São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Ceará, Paraíba e Pernambuco

Para a B.Lem, o StudioIno criou o projeto conceitual e executivo, seguindo e atualizando o padrão da rede. Os materiais e detalhes definidos para criar um ambiente com personalidade, aconchegante e moderno. As unidades contam com espaço para atendimento dos clientes e uma área interna para finalização dos produtos.

Ao pensar a ambientação, o principal desafio para o time de arquitetura foi fugir de visões estereotipadas sobre decoração tipicamente portuguesa. Foram criados espaços acolhedores e contemporâneos nos quais os produtos são o centro das atenções. Um exemplo dessa concepção são as vitrines com os doces que ocupam a própria fachada das unidades. Os pontos de destaques na decoração são em amarelo, contrastando com a cor de madeira clara. A escolha por essa tonalidade forte acompanhou a comunicação visual da B.Lem. A logo da padaria tem essa cor em alusão à gema do ovo, matéria prima mais utilizada na fabricação dos doces portugueses.

Os conceitos pensados para as soluções de arquitetura e ambientação precisaram ser versáteis e adaptáveis o suficiente para funcionar bem nos variados formatos das unidades. O StudioIno projetou pontos da B.Lem para operações em shoppings, aeroportos e quiosques. As unidades com mais espaço disponível têm bastante semelhanças entre si, em termos de desenho. Entretanto, as lojas acabam sendo bem diferentes dos quiosque, já que esses têm área menor e algumas limitações. 

 As lojas contam com as áreas de atendimento e de seating. Internamente, têm uma cozinha para regeneração dos produtos e estoque. Essas unidades servem almoço, café, salgados, doces, pães, e contam com um espaço de empório. Os espaços de seating podem variar bastante dependendo da área total disponível, assim, o StudioIno busca sempre mesclar alternativas como lugares entre mesas comuns, mesas comunitárias e soft seating com poltronas/mesas baixas. As lojas contam ainda com mais área para exposição de produtos do Empório B.Lem. São itens como vinhos, geleias, biscoitos, panetones, ovos de páscoa, vendidos “to go”, ou seja, que o cliente leva para consumir em outra ocasião.

Em média, os espaços em shoppings ou aeroportos têm de 50 a 100m2. Já as lojas de rua medem 150m2 ou até mais. Por isso, são unidades que precisam de mais equipamentos e soluções de arquitetura para acomodá-los. Na cozinha, funciona um forno maior, usado para regeneração dos produtos. No atendimento, há um outro forno menor, utilizado para o aquecimento dos salgados expostos na vitrine. Os fornos para as lojas são fornecidos pela Unox, e são do modelos BakerLux Arianna e LineMicro Roberta. A linha de fornos combinados analógicos BakerLux foi projetada para melhores resultados no processo de panificação. O modelo Ariana é de convecção com umidade e tem quatro bandejas de 460×330. Já a família LineMicro, de fornos compactos, foca na uniformidade no cozimento, e foi pensada para processos mais simples de pastelaria e panificação.

Os quiosques são estruturados de outra forma. Eles têm áreas de atendimento e seating, mas podem ou não ter estoque remoto, dependendo do ponto. Em geral, os quiosques medem entre 12 a 15m2, que se somam ao espaço de seating, que tem área variável. Essas unidades menores não servem almoço, apenas café, salgados, doces, pães, e têm o empório. Quanto aos equipamentos, as soluções também são um pouco diferentes. Os quiosques de o StudioIno projetou para a B.Lem têm apenas um forno pequeno igual ao do atendimento da loja, da linha LineMicro da Unox. Ele é usado tanto para regeneração dos produtos quanto para o aquecimento dos salgados expostos nas vitrines. Quando não há estoque remoto, os produtos congelados são armazenados em freezers horizontais no próprio quiosque. Por isso, precisam contar com maior número de entregas de produtos. Os quiosques têm menos área para o empório, mas, o mesmo número de vitrines e a mesma máquina de café que as lojas.

Os balcões refrigerados, as mesas, prateleiras e pias de ações inox utilizadas nos projetos foram fornecidos pela Cozil. A empresa está no mercado desde 1985 e, com laboratório próprio, pesquisa e desenvolve de ponta para soluções de preparação, cocção, higienização, conservação e distribuição de alimentos. As vitrines são da Ingecold e as câmaras de congelados foram fabricadas pela São Rafael. 

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

 

B.Lem – https://www.blempadaria.com/

Unox – https://www.engefood.com.br/unox

Cozil – https://cozil.com.br/

 

Comente

Quer participar da discussão?
Deixe o seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.