Time de arquitetura passa por capacitação em BIM

Os profissionais de arquitetura do StudioIno estão passando por capacitações para aprimorarem os conhecimentos em BIM, a plataforma mundial para projetos desse tipo. As aulas focam em Autodesk Revit e são ministradas por Isamar Marchini Magalhães, que é engenheira especializada no software e da equipe do StudioIno.

“O BIM (Building Information Modelling ou Modelagem da Informação da Construção) é uma realidade para o setor de AECO (Arquitetura, Engenharia, Construção e Operação) no Brasil, sendo o Revit uma das ferramentas mais utilizadas para modelagem 3D. Ela é, inclusive, recomendada pela FCSI”. A FCSI é a Sociedade Internacional de Consultores de Foodservice da qual os gestores do StudioIno fazem parte.

Benefício do BIM para os clientes

Isamar explica que a capacitação é importante porque, em maio de 2018, o Governo Federal assinou um decreto com a estratégia nacional de implantação do BIM no território nacional. “Como o BIM não é algo que seja possível implantar de uma hora para outra, temos que nos preparar para poder oferecer essa tecnologia aos nossos clientes”.

A engenheira cita diversos motivos pelos quais o trabalho com BIM é mais vantajoso para quem está fazendo os projetos e para os clientes. Entre eles, o fato de a plataforma permitir a modelagem virtual do que será construído e a inclusão de dados sobre os materiais que serão utilizados. “Por exemplo, [na ferramenta] uma parede deixa de ser duas linhas paralelas, para receber características dos materiais que a compõe. Os equipamentos deixam de ser retângulos, podendo ter diversas informações agregadas que podem variar desde as informações de suas conexões, instalação, custo ou até mesmo os procedimentos para sua manutenção”.

Por ser um método mais completo de projetar e planejar, a metodologia BIM permite a compatibilização das diversas disciplinas durante a fase de projeto, fazendo com que sejam evitados retrabalhos mais adiante. “As interferências de obra que muitas vezes só conseguem ser verificadas quando da construção, poderão ser checadas na fase de modelagem, resultando em redução de custo e cronograma”, detalha Isamar.

Depois da obra finalizada, os benefícios de se ter projetado com BIM permanecem para os operadores os clientes. Isamar explica que o sistema permite acessar informações do software para gerir, por exemplo, a manutenção dos equipamentos utilizados.

Desafios na implantação

Para funcionar dessa forma integrada, o BIM deve conter uma biblioteca de informações sobre materiais e equipamentos. Atualmente, esses dados ainda não estão plenamente disponíveis quando se trata de itens de fabricantes brasileiros, principalmente para a área de food service. Isso representa um desafio para empresas que estão adotando o sistema. “Precisamos ter disponíveis informações assertivas dos equipamentos que serão especificados no projeto. Seria fundamental a parceria dos fabricantes, que poderiam disseminar as especificações”.

Treinamento

O treinamento foi iniciado em fevereiro. Isamar trabalha com Autodesk Revit desde 2016 e é BIM Manager certificada pelo Zigurat Institute of Technology e o nossoBim.

 

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

One Response to Time de arquitetura passa por capacitação em BIM

  1. StudioIno | A importância do BIM na indústria de foodservice says:

    […] Time de arquitetura passa por capacitação em BIM […]

Comente

Quer participar da discussão?
Deixe o seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.