O que os millennials esperam de bares e restaurantes?

A geração do milênio, os chamados millennials, é o grupo de pessoas que mais influenciam novas tendências no setor de alimentação. Jovens de 21 a 34 anos, são aqueles que mais saem para comer fora, superando outras faixas de idade em termos de frequência. Para crescer, negócios de foodservice precisam entender esse público. 

Pessoas nascidas entre 1980 e 2000 são chamadas de Geração Y, Echo Boomers ou Millennials. Criadas em um mundo muito mais dinâmico, esses jovens apresentam prioridades, expectativas e comportamentos bem próprios e diferentes daqueles das gerações anteriores. Metade dos clientes do setor de alimentação são integrantes desse grupo.

Quem são os millennials?

A especialista em branding Alice Yang fez uma pesquisa bem completa sobre os millennials e a relação deles com a alimentação. O estudo dela mostrou que essa geração é: 

  • GLOCALS: Absorvem tendências globais e agem localmente.
  • SOCIÁVEIS: Gostam de estar na companhia de amigos a todo momento – nunca estão sozinhos.
  • VERDADEIROS: Buscam conexões reais com as pessoas e coisas com as quais se relacionam.
  • CONECTADOS: Estão sempre conectados via mobile em todas as redes sociais.
  • ESPECIALISTAS EM DIVERSÃO: Querem aproveitar cada segundo, principalmente nos finais de semana.

Com essas características, o que buscam os millennials? 

  • VIDA OFFLINE: Desejam se conectar em um mundo real com as pessoas, por meio de interação.
  • COLABORAÇÃO: Gostam de trocar experiências e viver o conceito de comunidade.
  • TRANSPARÊNCIA: Prezam a honestidade de pessoas e marcas, sem espaço para omissões.
  • NOVAS EXPERIÊNCIAS: Buscam o novo, experiências que te tiram do mundo comum.

A relação dos millennials com a gastronomia 

Quando o assunto é alimentação, o comportamento da geração do milênio tem as seguintes características:

  • SENSORIAL FIRST: Buscam experiências sensoriais marcantes; entendem que é muito além da refeição.
  • INCREASING FOODS: Dão muita importância aos temperos e condimentos usados na preparação dos pratos.
  • FAIR-TRADE: Valorizam a procedência e o relacionamento com fornecedores.
  • SIMPLICIDADE: Buscam experiências gastronômicas que tragam conforto por meio do apelo local.
  • AUTENTICIDADE: Buscam atmosferas e experiências únicas na hora da refeição.

 

Saiba mais sobre outras megatendências no foodservice

Baixe aqui o ebook gratuito sobre megatendências no foodservice

 

(Fotos: Unsplash)

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Comente

Quer participar da discussão?
Deixe o seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.