Podcast mostra diferenciais do design no foodservice

O designer e sócio do StudioIno Emmanuel Melo participou do podcast ATOMcast. Ele falou sobre as contribuições do design para inovações no foodservice e as oportunidades que a junção desses dois mercados traz. O programa é realizado por Hulk Giannelli da Agência Nucleuss e o episódio já está disponível no Spotify

Design de produto do StudioIno para a Tramontina

“O design como disciplina vive um momento muito legal. Empresas de diversos segmentos integram o design em seu organograma e consideram essa disciplina em seus processos estratégicos. Na indústria de equipamentos para foodservice, a Prática e a Tramontina são excelentes exemplos de empresas guiadas pelo design e temos outras mais”, diz Melo.

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Cozil apresenta linha de expositores Cristal Case 360

A Cozil, importante fabricante de equipamentos para cozinhas profissionais no Brasil, mostrou a nova linha de expositores da marca em uso. O vídeo dá exemplos de utilização da família de produtos Cristal Case 360, desenhada pelo StudioIno.

Os equipamentos são fruto de extensas pesquisas com operadores e consultores especializados em projetos de foodservice. A linha é composta por vitrines fechadas e abertas, conhecidas como “Grab-n-go”, que têm ganhado importância no varejo por deixarem brilhar os alimentos, os verdadeiros protagonistas no foodservice. Os produtos são resultados de 2 anos de trabalho contínuo em colaboração com a equipe de engenharia e produção da Cozil.

Com design “invisível” e vidros inteiramente “frameless”, ou seja, sem as tradicionais molduras pretas das vitrines existentes no mercado, os novos expositores, nominados de “CristalCase 360”, são fáceis para integrar à marcenaria dos balcões e podem ser utilizados avulsos. Essa nova linha de expositores, representa novas oportunidades para as operações de foodservice.

O trabalho envolveu design estratégico, design do produto, desenvolvimento de fornecedores e acompanhamento da fabricação de vários protótipos e muitas horas de testes.

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Podcast discute design no foodservice

Nesta semana, o designer e sócio do StudioIno Emmanuel Melo participou do podcast ATOMcast. O programa sobre design e designer é realizado por Hulk Giannelli da Agência Nucleuss

“O design como disciplina vive um momento muito legal. Empresas de diversos segmentos integram o design em seu organograma e consideram essa disciplina em seus processos estratégicos. Na indústria de equipamentos para foodservice, a Prática e a Tramontina são excelentes exemplos de empresas guiadas pelo design e temos outras mais”, diz Melo.

A inovação do design no foodservice

“Ao presenciar este momento tão importante para a integração do design como disciplina nas decisões estratégicas das empresas, lembramos, com muito orgulho da nossa contribuição nesse processo no foodservice”, Melo detalha citando a 25ª edição do Prêmio do Museu da Casa Brasileira. Concedido ao StudioIno, em nome dos designers Emmanuel Viana de Melo, Marcelo Valença e Michel Pompeu, a premiação foi pelo projeto Ilha de cocção da Unilever. Na ocasião, o juri explicou a honraria dizendo que o projeto demonstrava “pioneirismo em nosso país no setor (Foodservice)” e que representava “mais um segmento em que o design passa a contribuir efetivamente para o aprimoramento.”

O episódio do ATOMCast sobre foodservice e design deve ir ao ar nos próximos 15 dias. 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

BlueFit abre novas academias em São Paulo e Ribeirão Preto

A rede de academias BlueFit inaugurou duas unidades com projeto do StudioIno e mais outras duas estão em obras. Os novos espaços abertos são em São Paulo, na capital e em Riberão Preto. As próximas unidades serão em Brasília. Com mais de 30 opções de aulas, a BlueFit já tem mais de 100 academias no Brasil. 

BlueFit em Perdizes, São Paulo – projeto do StudioIno
BlueFit em Perdizes, São Paulo – projeto do StudioIno
BlueFit em Ribeirão Preto – projeto do StudioIno
BlueFit em Ribeirão Preto – projeto do StudioIno

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Central de cozinhas para aluguel, Delivery Point, abre as portas na zona oeste de São Paulo

Restaurantes que quiserem iniciar ou expandir o serviço de delivery na zona oeste de São Paulo contam agora com um conjunto de cozinhas projetadas especificamente para essa função. O Delivery Point abre as portas em agosto, com estrutura completa pronta para operar, na Rua Venâncio Aires, Vila Pompeia. O espaço fica próximo ao Allianz Parque e, com o alcance dos principais aplicativos de entrega, as refeições preparadas no Delivery Point podem ser entregues a consumidores nos bairros em um raio de sete quilômetros. 

O modelo de negócio da cozinha de aluguel é servir de central de produção para negócios de alimentação. Os interessados podem utilizar o espaço, por exemplo, para aumentar a área de delivery. Um restaurante de massas da Mooca pode alugar uma cozinha no Delivery Point e passar a fazer entregas também na zona oeste. 

Outra possibilidade é utilizar as cozinhas prontas para montar um estabelecimento de foodservice exclusivamente virtual. Isso é, sem espaço físico e atendimento apenas por delivery. 

Seja qual for o formato, o Delivery Point está em uma localização estratégica. Além da própria Vila Pompeia, as cozinhas estão dentro do raio de sete quilômetros de bairros como:  Perdizes, Lapa, Sumaré, Higienópolis, Pinheiros, Água Branca e Casa Verde.

Delivery Point – cozinhas profissionais para aluguel projetadas pelo StudioIno

Cozinhas com estrutura completa

A nova central de produção tem 14 cozinhas independentes, de 15 a 18 metros quadrados, projetadas com foco em higiene, segurança e funcionalidade. Cada uma delas é azulejada e conta com instalações hidráulicas, elétricas e de gás instaladas com medidores separados. As cozinhas têm sistema de exaustão e ventilação individuais, de acordo com as normas sanitárias vigentes.

Jacques Benzakein, um dos sócios do Delivery Point, explica que o espaço foi pensado para garantir o bem-estar dos funcionários. Ele lista alguns diferenciais como “acesso independente, banheiros modernos com chuveiros, armários individuais, fora dos banheiros, para os funcionários de cada cozinha, copa completa com geladeira, forno microondas e bebedouro, além de ambiente climatizado para refeições e descanso.”

Projeto considera o bem-estar dos entregadores e da vizinhança

O projeto do Delivery Point foi feito pelo StudioIno, uma firma especializada em design e arquitetura para foodservice. Ao planejar a estrutura das cozinhas, Diris Petribu, fundadora do StudioIno, explica que pensou também na integração do espaço à vizinhança. Assim, o  Delivery Point conta com “zoneamento adequado, com área ampla para acesso dos entregadores, estacionamento interno para as motos, e espaço na frente do imóvel para carga e descarga permitida”, diz Diris. A experiência dos motoboys também foi considerada no projeto, que dispõe de espaço exclusivo para esse trabalhadores com banheiro e área de descanso climatizada, com bebedouro e café.

Mercado em crescimento

O delivery era tendência no mercado de alimentação antes da pandemia. Já em 2015, a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) apontava para o crescimento do delivery. Naquele ano, a Abrasel registrou uma movimentação de 9 bilhões de reais em comidas entregues em domicílios no Brasil. A necessidade de isolamento social dos últimos anos acelerou o que estava no horizonte. 

O delivery é tanto uma forma de expandir negócios como também uma alternativa em si mesma. Alguns restaurantes contam com cozinhas em regiões distintas do estabelecimento principal para chegar a mais consumidores com o delivery. Em outros casos, o restaurante “existe” apenas virtualmente.

“Acreditamos na expansão do mercado de delivery food. Nossa expectativa para o primeiro ano de operações do Delivery Point é termos ocupação total e início da expansão de novas unidades”, diz Jacques Benzakein.

Delivery Point

Cozinhas profissionais para aluguel

Rua Venâncio Aires, 320

Vila Pompeia – São Paulo – SP

05024 – 030

www.deliverypointsp.com.br

@deliverypointsp

11.99990-4239

11.99635-6065

B.Lem abre mais uma padaria em Osasco, São Paulo

A padaria portuguesa B.Lem segue expandindo a marca e abrindo novos pontos de venda pelo Brasil. Recentemente, nosso cliente inaugurou uma unidade no Super Shopping Osasco, em Osasco (SP).

B.Lem no Super Shopping Osasco, SP. Projeto do StudioIno
B.Lem no Super Shopping Osasco, SP. Projeto do StudioIno

Para a B.Lem, criamos o projeto conceitual e executivo, seguindo e atualizando o padrão da rede. Os materiais e detalhes definidos para criar um ambiente com personalidade, aconchegante e moderno. As unidades contam com espaço para atendimento dos clientes e uma área interna para finalização dos produtos.

Nossa parceria com a doceria B.Lem começou em 2014. Desde então, o escritório tem ajudado a marca a expandir operações, em diferentes formatos de atendimento, por vários estados do Brasil. 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Tramontina apresenta linha de cocção na Fispal

A linha América de cocção da Tramontina foi apresentada ao público pela primeira vez em um evento presencial. A estreia foi durante a Fispal, realizada de 7 a 10 de junho, no Expo Center Norte, em São Paulo. O StudioIno desenvolveu os equipamentos, junto com a equipe da Tramontina em 2020, com refletindo os padrões de mercado da região.

A família América conta com mais de 20 itens. O extenso portfólio tem opções como fogões, fornos, banhos maria, char broilers, chapas, fritadeiras, cozedores de massas e módulos neutros para apoio. 

Apresentação da linha América Tramontina na Fispal 2022
Apresentação da linha América Tramontina na Fispal 2022

Equipamentos de cocção para várias aplicações

A linha América foi pensada para diferentes tipos de operação de foodservice, como hotéis, restaurantes, hospitais e empresas. Com unidades modulares, os equipamentos podem ser utilizados de maneira independente ou montados em blocos de cocção. 

São produtos de alto rendimento, com qualidade superior em relação aos principais concorrentes, tecnologicamente atualizados com o mercado mundial e com custos competitivos. 

Diferenciais de design para a Tramontina

O desenho dos produtos incorpora inovações desejadas pelos cozinheiros: alta produção em pequeno espaço; superfície plana das trempes para o deslizamento das panelas; mesa blindada para limpeza fácil; e tampos superiores fabricados com soldagem a laser, para que as unidades sejam combinadas sem “gaps” entre elas. Os blocos de cocção formados parecem um único equipamento. Com linhas retas e formas geométricas, o design evoca força e resistência.

Design estratégico

Toda linha foi desenvolvida de acordo com os objetivos da marca no mercado brasileiro. Para que os produtos atendessem a necessidade de posicionamento da Tramontina, o StudioIno realizou, antes de tudo, uma extensa pesquisa para embasar todo o trabalho. O estudo envolveu análise de mercado, avaliação de materiais e acabamentos, conversas com fornecedores, entre outros. Somada às prototipagens e testes, a etapa de design estratégico durou mais ou menos dois anos.

Sobre a Tramontina: Fundada em 1911, a Tramontina é uma das marcas mais conhecidas do Brasil. Não é para menos. A empresa tem cerca de 18 mil produtos no mercado, sendo responsável por uma grande fatia do comércio de utilidades para a casa. Desde as famosas facas, até móveis e equipamentos. Atualmente a Tramontina está presente em 120 países e tem mais de 8 mil funcionários.

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

6 tendências para o self-service pós-pandemia

O designer e sócio do StudioIno, Emmanuel Melo listou seis tendências mundiais para o formato de restaurante self-service no cenário pós-pandemia. A crise de saúde obrigou muito negócios a repensarem estratégias. O setor de alimentação foi bastante afetado e, nesse nicho, os restaurantes a quilo foram um dos que mais tiveram que se adaptar.

Passados os piores momentos da doença, as atividades econômicas e sociais vão sendo retomadas, mas o consumidor não é mais o mesmo. Algumas mudanças vieram para ficar e outras ideias ficaram definitivamente para trás. Como ficam os restaurantes self-service nessa nova realidade?

Tendências para o self-service

Essas são as principais tendências para o formato self-service de acordo com a pesquisa de Emmanuel:

1 – Comida boa continua sendo a principal tendência!

O público está valorizando cada vez mais ingredientes frescos e naturais.

2 – O bufê não está sozinho!

Além do formato a quilo, no qual o cliente se serve, outros modelos estão em crescimento. É o caso do Grab & Go, onde refeições, lanches e bebidas já prontas e embaladas estão à disposição para o consumidor. A preparações a vista do cliente também está em alta.

3 – Quero abrir o dia inteiro!

Estabelecimentos de self-service estão oferecendo opções em diferentes horários. Café da manhã, almoço, lanche e jantar são possíveis

4 – Existe vida além do salão!

O que há além do self-service? Take away, pick-up (balcão, no carro, armários) e delivery (Cloud e Dark Kitchen)!

5 – Físico e virtual são partes do mesmo público

Com os dados dos clientes, o estabelecimentos conseguem prestar um serviço mais completo. Vendas digitais e pagamento sem contato, são algumas das opções.

6 – Produtividade na cozinha e no salão

Equipamentos e soluções são aplicados para aumentar a produtividade. Entre eles, fornos combinados, resfriadores rápidos, novos expositores quentes e frios, e expositores. Essa tendência é especialmente forte no modelo Grab & Go.

De onde surgem as tendências para o self-service

A aceleração das transformações levaram à mudanças no foodservice. A inteligência de vendas, com sistemas de CRM, estão mais importantes do que nunca e fizeram a diferença durante o período de isolamento. Soluções digitais permitem conhecer melhor o público e prestar serviços mais adequados.

Ainda sobre as novidades tecnológicas, outras práticas que se fortaleceram são a disponibilização de cardápio digital, antecipação de pedidos online, pagamentos sem contato e integração da comunicação e vendas com o WhatsApp.

Algumas funções sem baixar o App

Pensando o futuro do self-service

A lista de Emmanue Melo fez parte da apresentação do designer para o Canal Restaurante, realizou uma live com vários especialistas do setor de alimentação que vão discutir as tendências para o formato self service.

Outros palestrantes na ocasião foram Alexandre Souto, Fundador da Neofood, Alexana Vilar, arquiteta de foodservice, Edgar Rodrigues, chef e consultor, Davi Laranjeira, chef e consultor, e Graziella Creazzo, coordenadora de qualidade da Premium Essential Kitchen.

Anteriormente, o StudioIno já havia publicado uma análise detalhada sobre o futuro do self service mediante as limitações e transformações vindas com a pandemia: 

O Canal Restaurante é uma plataforma de jornalismo e qualificação para o setor de negócios de restaurantes. Acompanha o que existe de noticiário pelo Brasil e pelo mundo que pode servir de paradigma para o entendimento do mercado.

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Inscrições abertas para consultoria gratuita com especialista de foodservice

Estão abertas as incrições para o Fale com o Especialista, que oferece consultorias gratuitas a empreendedores do foodservice. A iniciativa é da Sociedade Internacional de Consultores de Foodservice (a FCSI, na sigla em inglês) em parceria com a Fispal. Inscreva-se gratuitamente.

A Fispal e o Fale com o Especialista acontecem de 7 a 10 de junho, no Expo Center Norte, em São Paulo.

Os interessados devem se inscrever e contar um pouco sobre a dúvida ou situação para a qual buscam orientações. O empreendedor pode escolher entre tirar dúvidas com consultores de gestão de estabelecimentos ou em projetos de cozinha profissional. O papo dura 30 minutos. 

O objetivo da iniciativa é ajudar empresários(as) de foodservice a iniciar um novo negócio ou incrementar um já existente. Além de ser uma ação para popularizar as atividades da FCSI entre o público brasileiro.

MAIS SOBRE A FCSI

A FCSI foi fundada nos anos 1950 nos Estados Unidos e reúne mais de 1.300 especialistas do mercado de alimentação em 46 países ao redor do mundo. A sociedade conta com testes rigorosos para aprovar novos membros e promover os antigos. Para continuar sendo parte do grupo, o profissional precisa ainda seguir uma programação de atividades de educação continuada e atuar dentro dos padrões éticos estabelecidos pela FCSI.

Serviço:

Fispal Food Service

07 – 10 junho 2022

Expo Center Norte

Fale com o Especialista

Inscrições gratuitas 

Por que a arquitetura é tão importante para negócios de alimentação?

Em entrevista para o portal Rede Food Service, a arquiteta e fundadora do StudioIno Diris Petribu falou sobre a importância do projeto arquitetônico no sucesso de empreendimentos de alimentação.

“A arquitetura dos negócios de food service permite ao empreendedor e à empreendedora tirar o máximo proveito possível dos espaços, equipamentos e recursos disponíveis. Nós, o time de arquitetura, vamos dar essas orientações”.

Projeto do StudioIno para o restaurante Olive Garden

“O mercado de alimentação fora do lar é regulamentado, claro, e novas regras surgiram para o combate ao Novo Coronavírus. Então, o time de arquitetura tem essa responsabilidade de fazer tudo nas cozinhas fluír de forma segura, higiênica e ecologicamente correta”.

“Quanto à decoração, no food service, o conceito do negócio é muito importante e a ambientação comunica o conceito. A filosofia e os valores do empreendimento são transmitidos na escolha das cores, materiais, móveis, etc. Tudo é pensado para criar a melhor experiência para o usuário”.

“Em um mercado competitivo como o atual, um negócio se destaca quando consegue oferecer experiências positivas”.

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.