Frango Assado abre primeira loja de conveniência da marca

No final de agosto, a rede Frango Assado abriu a primeira loja de conveniência da marca. “O novo modelo de negócio funcionará na cidade de Sumaré, na Rodovia Anhanguera KM 111, e será uma versão compacta, com um layout moderno e um espaço de 195 m²”, explica a International Meal Company, que detém os direitos da rede.

O projeto de arquitetura da unidade Frango Assado na estrada foi assinado pelo StudioIno. A unidade conta com os principais produtos da marca como a coxinha e o espeto de frango, e a receita exclusiva de frango assado para levar. Por ser um espaço de conveniência, a loja agrega também outros serviços como lotérica, quiosque do Sem Parar e posto de combustível.

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

 

(imagens: Frango Assado)

Aeroporto de Belo Horizonte conta com diferentes opções de foodservice

Enquanto esperam o voo, os passageiros no Aeroporto de Confins podem aproveitar uma das variadas opções de alimentação que o StudioIno projetou por . Isso porque, o terminal de Belo Horizonte, Minas Gerais, é um grande portfólio dos trabalhos da empresa. O local conta com um completo food hall que reúne diferentes várias tipos de comida em um lugar, e também projetos individuais, como os restaurantes Viena Express e Sports Bar, além do conceitual Grab n’ Fly.

Diferentes opções de alimento e serviço

As alternativas no food hall variam entre hambúrguer, tapioca, açaí, café, pizza, massa, saladas, comida oriental, entre outras. Os espaços de alimentação foram encomendados pela empresa responsável por essa área no aeroporto, a International Meal Company (IMC). Diris Petribú, diretora do StudioIno, explica que o objetivo foi esse mesmo, “atender os clientes com opções variadas”.

Fora do conceito do food hall, o StudioIno desenhou ainda os cafés Espresso Mineiro e Black Coffee, o restaurante Viena Express, e o Sports Bar. As unidades foram sendo entregues ao público a partir de novembro do ano passado. Petribú detalha o processo, “Primeiro fizemos o bar, depois o food hall com produtos frios como comida oriental, saladas e crepes, e o Grab n’ Fly. A parte de comidas quentes foi entregue um mês depois, com a inauguração da tapiocaria, o espaço de massas e pizza, a hamburgueria e o Viena Express”.

O aeroporto de Confins tem capacidade para receber até 10 milhões de passageiros por ano. Em uma pesquisa da Secretaria de Aviação Civil foi escolhido o quarto melhor do Brasil no quesito alimentação.

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Soluções para tornar a comida de aeroporto atrativa e prática

Mesmo os passageiros mais apressados podem escolher comidinhas rápidas, saudáveis e gostosas no corre corre entre um voo e outro. Pensando assim, o International Meal Company (IMC) chamou o StudioIno para desenvolver o design e arquitetura de estações de alimentação para aeroportos. O resultado foi o conceito do Grab n’ Fly, uma unidade de foodservice compacta, modular e pensada para as necessidades deste público.

O primeiro Grab n’ Fly, em operação no aeroporto de Guarulhos, foi entregue em dezembro de 2015. Hoje, a marca cresceu e já conta com mais quatro unidades. Duas funcionam atualmente no terminal de São Paulo, uma no aeroporto de Confins, em Belo Horizonte, e a mais recente, no aeroporto de Brasília.

As inovações do projeto

A operação foi desenvolvida para ocupar pouco espaço e levar oferta de lanches rápidos para as áreas de circulação de passageiros. Para atender essa demanda, foram desenvolvidas soluções simples mas decisivas, explica o arquiteto João Carlos Faias, coordenador de projetos do StudioIno.

O conceito conta com sistema de auto serviço que torna a operação mais rápida. Expositores de bebidas, por exemplo, e gôndolas são abertas e voltadas para o cliente. A unidade foi pensada em módulos que possibilitam diferentes formações e assim, uma adequação maior para a necessidade do consumidor em cada local. É possível ter configuração em ilha, como um quiosque, em forma de “L” ou em “U”. A formação em linha, por sua vez, facilita a venda e a circulação pelos corredores. Os diversos formatos também permitem explorar da melhor forma possível a área de exposição dos produtos.

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Publicação americana vai mostrar inovações de projeto para restaurante brasileiro

O projeto de reconceituação do restaurante Viena coordenado pelo StudioIno foi selecionado para publicação da revista Project Showcase 2017, da Sociedade Internacional de Consultores de Foodservice, (FCSI, na sigla em inglês). O informativo é editado uma vez por ano e traz ações inovadoras realizadas pelos integrantes da FCSI em todo o mundo. Um grupo de editores recebem as submissões e escolhem apenas 12 para ser detalhadas no anuário. O projeto do StudioIno é o único da América Latina dentre os projetos de design de cozinha selecionados.

Por que o projeto Viena Delish é inovador

O International Meal Company – Imc, detentor da marca Viena, chamou o StudioIno com o desafio de renovar a rede de restaurantes que há 40 anos havia sido bem sucedida em São Paulo. A ideia era atrair nova clientela sem perder de vistas os frequentadores fiéis. Para atender a demanda, o StudioIno coordenou os trabalhos de uma equipe multidisciplinar.

Na primeira fase do projeto, profissionais convidados, junto com especialistas do StudioIno e do cliente, fizeram workshops de reenquadramento e cocriação para pensar um novo conceito para o restaurante. Com a ideia fechada em mãos, foi hora de elaborar os novos menus, projeto da cozinha e do salão, ambientação e comunicação visual.

Todo o trabalho foi realizado em quatro meses de pesquisas, projetos e mais dois de obras. A unidade reformulada do Viena Delish no Shopping Iguatemi foi inaugurada com uma abordagem diferenciada. O local passou a ser um food Market, com diferentes opções de espaços, serviços e menu. Agora, ela servirá de modelo para os outros estabelecimentos da marca no Brasil.

 Saiba mais sobre o Viana Delish

Como o trabalho para o Viena Delish foi selecionado

Para participar da publicação é preciso submeter uma carta de intenção e responder um questionário simples. Caso passe por essa etapa, os profissionais interessados devem preencher um formulário bem mais longo defendendo o projeto e dando todas as informações técnicas como fornecedores, equipamentos e soluções. Além disso, é preciso enviar imagens, layouts e uma lista minuciosa dos itens do projeto.

Este ano, foram selecionadas 12 ações de design e arquitetura para foodservice. Todos são norte-americanos, com exceção do realizado pelo StudioIno. Outros dois projetos de gestão e serviços também estarão na publicação e um deles é brasileiro. É o trabalho para Esquina Grill, conduzido por profissionais da Mapa Assessoria.

A revista Project Showcase é produzida desde 2013 e é distribuída para 10 mil leitores. A edição deste ano será publicada em setembro.

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Olive Garden abre segunda unidade no Brasil com projeto do StudioIno

A rede norte-americana de restaurantes Olive Garden inaugurou, no último dia 7, a segunda unidade da marca no Brasil. O novo ponto fica no Shopping Center Norte, em São Paulo, e o projeto da casa foi todo elaborado pela equipe do StudioIno.

Diris Petribú, arquiteta e líder do projeto, explica que além do desenvolvimento arquitetônico, ela e seu time foram responsáveis pelo projeto da cozinha e gerenciamento da obra. O Olive Garden mantem os padrões norte-americano em suas franquias ao redor do mundo. Por isso, o projeto do StudioIno foi pensado para se adequar as práticas dos EUA e, ao mesmo tempo, faz as nacionalizações necessárias como, por exemplo, equipamentos de cozinha e materiais de acabamento.

O maior desafio com este projeto tem a ver também com adaptação. É que, em geral, as unidades do Olive Garden são de rua e esta casa em São Paulo funciona dentro de um shopping. No total, todo o trabalho, entre concepção e obra, foi concluído em quatro meses. Os resultados já estão sendo observados e a International Meal Company (Imc), franqueadora do Olive Garden, já encomendou estudos para outros projetos em parceria com o StudioIno.

Sobre o Olive Garden – A rede serve refeições inspiradas nas comidas típicas da região da Toscana na Itália. Fundada em 1982, a marca já tem mais de 800 restaurantes espalhados em nove países. A primeira unidade da rede no Brasil fica no Aeroporto Internacional de Guarulhos.

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

StudioIno coordena reformulação do tradicional restaurante Viena

Quarenta anos atrás, o Viena abria sua primeira unidade, um restaurante no Conjunto Nacional em São Paulo. Em 2016, depois de décadas de sucesso e crescimento, a marca, agora parte do International Meal Company – Imc, queria se renovar para atrair um novo público sem perder de vista os clientes cativos. O StudioIno entrou na história para fazer esse desafio se tornar realidade e o resultado mais proeminente deste trabalho foi inaugurado no início do mês. O restaurante da rede no Shopping Iguatemi é um dos mais importante da marca e servirá de modelo para o restante das novidades que o Viena prepara para 2017.

A inovação exigiu um trabalho multidisciplinar

O trabalho começou em abril e a fase de pesquisa e planejamento durou em torno de 4 meses. “O primeiro Viena era um restaurante moderno, quando foi inaugurado 40 anos atrás. Era voltado para pessoas de 25 a 35 anos. Hoje, esse público está nos seus 60 70 anos. O objetivo era preparar a marca para uma nova geração sem abandonar sua primeira clientela”, explica Diris Petribú, diretora do StudioIno.

Para atender a demanda do cliente, o StudioIno montou uma equipe de profissionais de diferentes áreas de expertise. “Entendemos, desde o início, que para enfrentar esse desafio não precisávamos de uma solução de arquitetura ou gastronomia, por exemplo. Era preciso uma abordagem multidisciplinar”, conta Petribú.

O primeiro passo foi a organização de workshops de reenquadramento e cocriação com diferentes partes envolvidas no projeto. A partir dos resultados deste trabalho inicial, o conceito central foi desenvolvido e outros parceiros foram chamados para, cada uma em sua especialidade, contribuir para o trabalho.

A DesignMuda elaborou workshops e o conduziu a pesquisa inicial. Alice Yang foi a especialista em branding que amarrou o conceito final e criou a nova identidade do segmento. A Todos Arquitetura e o StudioIno ficaram responsável pela ambientação do espaço. E o chef Du Cabral e o barman Alex Zemczak reformularam o menu e opções de bebidas da casa. O StudioIno executou o projeto de foodservice, arquitetura do interior e coordenou os trabalhos de todas as equipes. Diris Petribú foi a arquiteta responsável por toda a obra.

Equipe Viena Delish

Em pé: Alice Yang, Regina Belelli, Maurício Arruda, Diris Petribú, Alex Zemczak, René e Du Cabral. Sentados: Pierre Berenstein e Jaime Szulc.

 

O resultado foi um novo conceito para a Viena

Ao final de quatro meses de pesquisa e mais dois de obras, a unidade reformulada do Viena Delish no Shopping Iguatemi foi inaugurada com uma abordagem diferenciada. O local passou a ser um food hall, com diferentes opções de espaços, serviços e menu. “Há um bar com cervejas artesanais. Um ambiente com pizzas feitas às vistas do cliente e uma hamburqueria parceira que passou a funcionar dentro do restaurante. Outro espaço conta com uma cozinha com finalizações abertas. Cada área com um cardápio e ambientação específica”, explica Petribú.

O cliente pode aproveitar o Viena Delish da forma que achar mais interessante. “Dá para ir ao bar, pedir uns petiscos rápidos e depois ir para o cinema. Mas dá também para sentar, pedir uma pizza ou um prato em família. O cliente pode escolher a mesa comunitária ou ir para um ambiente mais reservado”, diz Petribú.

No total, o Viena Delish conta com seis opções de ambientes, distribuídas em um salão com pé direito de 5.5 metros, 260 metros quadrados e com capacidade para até 120 pessoas.

 

Reformulação segue tendências do foodservice

O trabalho de reformulação do Viena do Shopping Iguatemi apresenta ao público conceitos que representam o que há de mais novo em termos de serviço em foodservice. Entre elas, a diretora do StudioIno destaca a preparação dos pratos no próprio restaurante, utilizando-se apenas produtos frescos e nenhum industrializado. A preparação destas refeições na frente do cliente, em cozinhas abertas é outra tendência adotada. A transparência e naturalidade adotada na forma de lidar com os alimentos se traduzem também na ambientação. Embora com diferentes propostas de serviços, todos os cantinhos do restaurante contam com decoração casual, simples e moderna.

Ambientação Viena Delish. Foto: Artur Bragança.

Ambientação Viena Delish. Foto: Artur Bragança.

Novo restaurante será modelo para outras unidades Viena

A ideia do grupo IMC, detentor da marca Viena, é expandir o novo conceito criado pelo StudioIno para as cinco unidades semelhantes, tendo o restaurante do Shopping Iguatemi como flagship para todo o selo Delish.

Ambientação Viena Delish. Foto: Artur Bragança.

Ambientação Viena Delish. Foto: Artur Bragança.

Serviço:

A unidade reformulada do Viena Delish fica no andar térreo do Shopping Iguatemi de São Paulo, na Avenida Brigadeiro Faria Lima 2232, Jardim Paulistano.

 

Ficha técnica:

Unidade: Restaurante Viena Delish

Projeto de foodservice: Diris Petribú – Senior Member FCSI – Líder do projeto, Eduardo Esteban, João Carlos Faias e equipe do StudioIno

Investimento total: R$ 3 milhões

Cliente: International Meal Company – Imc

Equipe do cliente: Jaime Szulc, Pierre Berenstein, Regina Belelli, Vivian Paulatti, Du Cabral, Alex Zemczak

Escopo do Projeto: Novo conceito e reformulação do Restaurante Viena no Shopping Iguatemi, São Paulo

Arquitetos: Diris Petribú, Luisa Gambaro, Ana Luisa Cronemberger, Maria Wolf

Design de interior: StudioIno e Todos Arquitetura

Workshop e pesquisa inicial: DesignMuda e StudioIno

Pesquisa, conceituação e Branding: Alice Yang

Construção: S6 Construções

Marcenaria: AFA Marcenaria

Fornecedor de Equipamentos: Macom/Hoshizak, Unox, Ingecold

 

Siga o StudioIno no Facebook.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.