Empório especializado em produtos italianos chega à capital paulista

Os italianos da família Auricchio chegaram ao Brasil na década de 1950. Agora, o empreendimento deles chega à capital paulista. Quando vieram para o novo continente, os Auricchios trouxeram o conhecimento da região da Campagna, onde se produz muçarela de búfala. Eles estabeleceram uma fábrica no interior de São Paulo sob a marca Bufalat. É essa produção que, há quatro meses está disponível em um empório no bairro de Perdizes, São Paulo.

O StudioIno desenhou a cozinha e a área dos clientes para a unidade. No local, é possível degustar a famosa muçarela e pratos com ingredientes italianos. Outra opção é visitar a loja e levar para casa algumas das delícias disponíveis. Diris Petribú, diretora da empresa, explica que o projeto foi bastante simples. A filosofia da Bufalat é transpor a atmosfera artesanal e caseira para o empório.

 

Muçarela e mais

A fábrica da Bufalat combina equipamentos modernos com um rigoroso controle de qualidade para que o resultado final seja igual aos produzidos na Itália. A marca garante um queijo com sabor e cremosidade das melhores muçarelas de búfala.

Apesar de ser o carro-chefe da marca, a Bufalat produz outros itens além do famoso queijo branco. Entre as outras opções disponíveis estão a ricota fresca, a burrata, uma muçarela misturada com leite fermentado, e a scamorza, um queijo feito com leite bovino.

 

(Sabemos que pode parecer estranho, mas desde 2009, a grafia do nome deste queijo tão querido foi aportuguesada para “muçarela”, com “ç” mesmo).

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Projeto do Viena Delish selecionado para publicação americana

O projeto de foodservice do StudioIno para o novo restaurante Viena Delish está na edição deste ano da revista Project ShowCase, da Sociedade Internacional de Consultores de Foodservice (FCSI, na sigla em inglês). Este ano, a publicação selecionou 12 projetos de foodservice entre os trabalhos de associados nas Américas e o do StudioIno é único da América Latina a ser escolhido nesta categoria.

O que a revista destaca

“Os projetos são diversos tanto em conteúdo quanto em localização, já que a FCSI continua a expandir para novas áreas”, explica James C Camacho, o presidente da divisão para as Américas da FCSI, no editorial da revista. Ele continua: “este ano, destacamos 12 projetos de foodservice e dois projetos de gestão, incluindo escolas, universidades, restaurantes, um hospital, refeitório corporativo e resorts”.

A Project ShowCase mostra como o trabalho de reconceituação foi importante para que a marca Viena conquistasse o público mais jovem sem alienar os clientes cativos. A matéria, explica todo o processo necessário para que este resultado fosse atingido. O trabalho envolveu desde pesquisas e workshops com profissionais de diferentes áreas até o desenvolvimento de soluções de cozinha, bar, arquitetura e branding que traduzissem o novo posicionamento da marca. Destacamos as contribuições da Todos Arquitetura no design do interior e da consultora em branding Alice Yang na experiencia do consumidor.

Conheça todo os detalhes do projeto para o Viena Delish

Porque a publicação é importante

A Project ShowCase é a principal publicação da FCSI. Todos os anos, a Sociedade faz contato com todos os associados em busca das soluções mais interessantes e inovadoras. Atualmente, a FCSI tem mais de 1.600 membros em 46 países.

A revista então seleciona os projetos mais relevantes e inicia um processo de filtragem, no qual o pleiteante deve preencher os requisitos da FCSI e fornecer os detalhamentos necessários para a publicação. Desta forma, são selecionados os 14 trabalhos (12 de projetos e 2 de gestão) que chegam às páginas da revista.

Saiba mais sobre o processo de seleção da Project ShowCase

Viena Delish na publicação da FCSI

A publicação da FCSI já está disponível online. Todos os detalhes sobre o Viena Delish na revista podem ser conferidos abaixo:

A matéria completa também pode ser baixada aqui..

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Pizza Makers consolida sucesso em São Paulo e abre terceira unidade

Pouco mais de um ano atrás, os empresários por trás do Pizza Makers vieram ao StudioIno com a ideia de um restaurante no qual o cliente faz sua própria pizza. O modelo deu tão certo que a marca já se prepara para abrir a terceira unidade. O novo ponto será inaugurado amanhã (07/10) no Shopping JK Iguatemi.

Mais pizza do seu jeito

No Pizza Makers o cliente escolhe os clientes escolhem dentre uma variedade de ingredientes frescos e monta a pizza do jeito que quiser. O prato vai então para um forno que assa tudo em apenas dois minutos, criando um refeição rápida e gostosa.

Para fazer esse modelo funcionar, o StudioIno desenhou o fluxo da cozinha e o fluxo da área de atendimento. Além disso, foi preciso também escolher os equipamentos corretos para que a pizza ficasse pronta rapidamente.

No unidade do Shopping JK Iguatemi o formato será um pouco diferente. Como a frente da loja é mais estreita que as outras unidades, o balcão de atendimento foi projetado em L. E o forno será personalizado para ficar ainda mais com a cara do Pizza Makers.

Além do projeto de arquitetura para todas as unidades, o StudioIno é responsável pelo design de interiores dos restaurantes, o branding e o design gráfico da marca. Toda comunicação do restaurante reflete o conceito do maker, aquela pessoa que gosta de colocar a mão na massa e fazer as coisas do seu jeito.

Franquia nacional

Desde o início, a ideia dos fundadores do Pizza Makers era desenvolver um modelo de negócios que pudesse ser replicado em franquias. Com o crescimento da marca, o restaurante começa a se preparar para espalhar o conceito pelo Brasil.

Mais sobre o Pizza Makers: 

Da ideia à realidade: como tirar um projeto do papel 

Como o equipamento correto faz toda a diferença em um negócio de foodservice 

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Soluções para tornar a comida de aeroporto atrativa e prática

Mesmo os passageiros mais apressados podem escolher comidinhas rápidas, saudáveis e gostosas no corre corre entre um voo e outro. Pensando assim, o International Meal Company (IMC) chamou o StudioIno para desenvolver o design e arquitetura de estações de alimentação para aeroportos. O resultado foi o conceito do Grab n’ Fly, uma unidade de foodservice compacta, modular e pensada para as necessidades deste público.

O primeiro Grab n’ Fly, em operação no aeroporto de Guarulhos, foi entregue em dezembro de 2015. Hoje, a marca cresceu e já conta com mais quatro unidades. Duas funcionam atualmente no terminal de São Paulo, uma no aeroporto de Confins, em Belo Horizonte, e a mais recente, no aeroporto de Brasília.

As inovações do projeto

A operação foi desenvolvida para ocupar pouco espaço e levar oferta de lanches rápidos para as áreas de circulação de passageiros. Para atender essa demanda, foram desenvolvidas soluções simples mas decisivas, explica o arquiteto João Carlos Faias, coordenador de projetos do StudioIno.

O conceito conta com sistema de auto serviço que torna a operação mais rápida. Expositores de bebidas, por exemplo, e gôndolas são abertas e voltadas para o cliente. A unidade foi pensada em módulos que possibilitam diferentes formações e assim, uma adequação maior para a necessidade do consumidor em cada local. É possível ter configuração em ilha, como um quiosque, em forma de “L” ou em “U”. A formação em linha, por sua vez, facilita a venda e a circulação pelos corredores. Os diversos formatos também permitem explorar da melhor forma possível a área de exposição dos produtos.

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Publicação americana vai mostrar inovações de projeto para restaurante brasileiro

O projeto de reconceituação do restaurante Viena coordenado pelo StudioIno foi selecionado para publicação da revista Project Showcase 2017, da Sociedade Internacional de Consultores de Foodservice, (FCSI, na sigla em inglês). O informativo é editado uma vez por ano e traz ações inovadoras realizadas pelos integrantes da FCSI em todo o mundo. Um grupo de editores recebem as submissões e escolhem apenas 12 para ser detalhadas no anuário. O projeto do StudioIno é o único da América Latina dentre os projetos de design de cozinha selecionados.

Por que o projeto Viena Delish é inovador

O International Meal Company – Imc, detentor da marca Viena, chamou o StudioIno com o desafio de renovar a rede de restaurantes que há 40 anos havia sido bem sucedida em São Paulo. A ideia era atrair nova clientela sem perder de vistas os frequentadores fiéis. Para atender a demanda, o StudioIno coordenou os trabalhos de uma equipe multidisciplinar.

Na primeira fase do projeto, profissionais convidados, junto com especialistas do StudioIno e do cliente, fizeram workshops de reenquadramento e cocriação para pensar um novo conceito para o restaurante. Com a ideia fechada em mãos, foi hora de elaborar os novos menus, projeto da cozinha e do salão, ambientação e comunicação visual.

Todo o trabalho foi realizado em quatro meses de pesquisas, projetos e mais dois de obras. A unidade reformulada do Viena Delish no Shopping Iguatemi foi inaugurada com uma abordagem diferenciada. O local passou a ser um food Market, com diferentes opções de espaços, serviços e menu. Agora, ela servirá de modelo para os outros estabelecimentos da marca no Brasil.

 Saiba mais sobre o Viana Delish

Como o trabalho para o Viena Delish foi selecionado

Para participar da publicação é preciso submeter uma carta de intenção e responder um questionário simples. Caso passe por essa etapa, os profissionais interessados devem preencher um formulário bem mais longo defendendo o projeto e dando todas as informações técnicas como fornecedores, equipamentos e soluções. Além disso, é preciso enviar imagens, layouts e uma lista minuciosa dos itens do projeto.

Este ano, foram selecionadas 12 ações de design e arquitetura para foodservice. Todos são norte-americanos, com exceção do realizado pelo StudioIno. Outros dois projetos de gestão e serviços também estarão na publicação e um deles é brasileiro. É o trabalho para Esquina Grill, conduzido por profissionais da Mapa Assessoria.

A revista Project Showcase é produzida desde 2013 e é distribuída para 10 mil leitores. A edição deste ano será publicada em setembro.

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Como a experiência do consumidor faz toda a diferença em um negócio de foodservice

Quando uma família e um grupo de amigos decide jantar fora, alguns fatores os farão ficar felizes ou chateados com o passeio. A qualidade da comida é essencial, mas outros elementos também contribuem e é a soma deles que se chama de experiência do consumidor.

Que fatores são esses? Como um estabelecimento de foodservice pode administrá-los para buscar uma experiência positiva?

Essas e outras questões foram discutidas durante a conversa que Emmanuel Melo, diretor do StudioIno, teve com o site Mercado Food Service.

Acesse todo o bate-papo aqui:

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Gelateria inaugura unidade inspirada no design italiano dos anos 50

A rede de gelaterias Cuor Di Crema apostou em um formato diferente para a mais nova unidade da marca inaugurada recentemente. O ponto foi construído como uma réplica de um veículo clássico italiano dos anos 1950s. Além do charme, o local garante a praticidade do serviço as clientes e, claro, a qualidade do produto. O tuktuk foi aberto no início do mês no Shopping Vale Sul, em São José dos Campos, São Paulo.

Referências ao design italiano

A conceituação e projeto da unidade foram realizados pelo o StudioIno. A encomenda veio da San Lorenzo, empresa de cozinhas que atende a marca Cuor Di Crema e que comercializa o tuktuk. O veículo foi construído pela Bob Iser, que é especialista em criar food trucks costumizados. Emmanuel Melo, diretor do StudioIno explica a ideia por trás do desenho. “É uma réplica do Ape Italiano com detalhes realistas como os pneus e faróis. São requintes de um restaurador apaixonado por carros como o Bob Iser”.

A escolha do Ape se deve à história do veículo. “É um triciclo fabricado na Itália após a segunda guerra mundial.  Por ser barato, era utilizado pelos pequenos produtores para transportar e vender os produtos diretamente nas cidades. Ele simboliza a produção artesanal, direta do produtor”, detalha Melo.

Dentro do carrinho, os expositores são da IFI, um fabricante da Itália especializado em equipamentos para gelaterias, cafeterias e docerias. O modelo escolhido para esse projeto foi o “panorama”.

Serviço completo

O formato é diferente, mas a produção é a mesma. Toda as opções de produtos da marca estão presentes no tuktuk e se somam a experiência de fazer um lanche em uma unidade especial. “Criamos uma sorveteria completa com expositor de sorvetes, caixa, café, bebidas, iluminação, som, cardápios, área de armazenagem de materiais, espaço para roupa e bolsas dos atendentes”, explica Melo, “É um ponto de venda completo e pronto para operar em shoppings, lojas de departamento, estádios, etc”.

O trabalho de conceituação e execução duraram seis meses e a unidade já está em plena operação. Em junho, o tuktuk será levado para São Paulo pela San Lorenzo para que o público da Fispal conheça o projeto. A feira de foodservice será realizada de 6 a 9 de junho no Expo Center Norte.

Mais sobre a Cuor Di Crema

A Cuor Di Crema foi fundada em 2012 e já conta com 13 unidades em São Paulo. A marca serve sorvetes fabricados de acordo com o método italiano tradicional e utiliza matérias-prima naturais, sem conservantes, aromatizantes ou corantes.

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

 

 

Da ideia à realidade: como tirar um projeto de foodservice do papel

Em meados do ano passado, o jovem empreendedor Greg Machado procurou o StudioIno com uma ótima ideia. Que tal abrirmos uma pizzaria na qual o próprio cliente monta o prato do seu jeito? Esse foi o conceito por trás do PizzaMakers, inaugurado em dezembro, no Shopping Morumbi Town, em São Paulo. Mas, para que o projeto partisse de um estalo interessante para se tornar um restaurante movimentado no centro de compras, foi preciso “começar do começo”.

A equipe do StudioIno trabalhou junto do cliente em todos os passos necessários para tirar o projeto do papel e transformá-lo em realidade, desde a concepção da marca até obra  e ambientação do espaço. Ao fim, o projeto todo envolveu: desenvolvimento do conceito, projeto de cozinha, projeto de arquitetura e interior, projetos complementares, e projeto de branding, ou seja, nome, marca, uniforme e elementos gráficos da comunicação com os clientes.

Conceito: Branding e a filosofia da marca

O objetivo do projeto foi criar um novo conceito de operação e proporcionar uma nova experiência para os consumidores”, explica Emmanuel Melo, designer e diretor do StudioIno. Todo o processo de pesquisa, conceitualização e projeto durou em torno de 60 dias.

“Essa  foi a fase mais gostosa de  ver acontecer”, conta Greg Machado. “A ideia, desde o começo, não era abrir apenas um restaurante de pizza e sim uma marca forte no mercado a qual um dia poderíamos escalar para um modelo de  franquia”. O cliente explica que o trabalho foi realizado com bastante interação com ele transmitindo o que tinha em mente e o time do StudioIno adicionando o conhecimento de anos de experiência neste setor.

Ao final desse período, foi elaborada uma filosofia para a marca PizzaMakers que se fez presente em todos os aspectos do restaurante, desde a comunicação visual até a própria arquitetura do espaço. O conceito se baseia da cultura “maker”, que valoriza as ideias de “faça você mesmo” e “mão na massa”.

Soluções de arquitetura

Para traduzir esse conceito nos 35 metros quadrados do restaurante foram aplicadas diferentes soluções. A atmosfera do ambiente conta com materiais de acabamento como o forro em chapa metálica expandida e madeira natural. A comunicação visual traz desenhos feitos à mão e pintados diretamente nas paredes.

O conceito da marca acabou criando um desafio para a equipe de arquitetura. Era preciso desenvolver o layout e fluxo de atendimento de forma que não houvesse cruzamentos e, assim, o consumidor fosse atendido de forma rápida, porém personalizada.

O layout elaborado para atender esta demanda foi simples e funcional. Nas áreas de retaguarda ficam os locais para armazenagem de alimentos, preparação da massa e pré-preparo dos ingredientes. Já o balcão frontal de exposição e atendimento foi equipado com pista refrigerada para facilitar a escolha dos ingredientes e a montagem das pizzas, calzones e saladas.

A solução trouxe equilíbrio para as operações de Back e Front of the House e possibilitou o uso dos alimentos do jeito que o cliente precisava. Todos os ingredientes são frescos e a massa é preparada no local.

Soluções de equipamentos de foodservice

O restaurante tem uma proposta de refeição rápida e casual, para manter essa filosofia e garantir a qualidade do produto, as soluções para a cozinha foram essenciais. Para Emmanuel Melo, o forno rápido para pizza da Prática é o equipamento chave do projeto. “Foram utilizados dois fornos modelo Forza Express, equipamento elétrico e programável que assa uma pizza crua em menos de 2 minutos”, explica. “Esse equipamento viabilizou a operação de preparação das pizzas à vista dos consumidores”.

 

Resultado final

A primeira unidade do PizzaMakers foi inaugurada em dezembro de 2016 e o empresário já está de olho no futuro. “Estamos extremamente felizes com nossa operação”, comemora Machado. “É muito gratificante ver seu negócio sair do papel e virar realidade! É muito legal ver os clientes felizes com esse novo conceito de montar a própria pizza e ela ficar pronta em 2 minutos, saborosa, com frescor”. O segundo ponto já está em obras e a abertura está marcada para maio e o empresário adianta que já há planos para o início de operações em mais duas lojas ainda este ano.

 

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Especialistas falam sobre as novidades e desafios do foodservice em novo site

O setor de alimentação engloba diferentes áreas e é importante para a economia brasileira, gerando renda, serviços e empregos. Por isso mesmo, é um segmento ágil que está sempre se movimentando para superar desafios e se renovar. Para acompanhar todas as essas novidades e discutir os principais temas, foi lançado o site Mercado Food Service.

A página é uma plataforma de comunicação no modelo de rede colaborativa cujo foco é tratar da idealização de projetos e empreendedorismo no setor de restaurantes. O Mercado Food Service reuniu renomados especialistas desta área. São profissionais procurados pelas grandes marcas de fast food, restaurantes comerciais, restaurantes de empresas, de hotelaria e até do setor hospitalar, que fazem dezenas de projetos novos a cada ano e estruturam e reestruturam estas operações. Estes especialistas vão contribuir, periodicamente, para a produção de conteúdo para a plataforma, e para a geração de diálogo sobre temas importantes para o setor. Os especialistas do StudioIno fazem parte deste time e já publicaram informações interessantes:

Falamos sobre como reformulamos o conceito do tradicional restaurante Viena para modernizar a marca.

Conversamos com Eduardo Scott, da Scott Consultoria, sobre os resultados do setor de foodservice no último ano.

Mostramos como fizemos funcionar a ideia de um restaurante onde o cliente monta sua própria pizza.

 

O site debate os tópicos em programas de vídeo, aproveitando o repertório dos especialistas, revelando um pouco mais dos critérios que levam ao sucesso ou ao fracasso, seja da parte de arquitetura, nutrição, gestão de pessoas ou mesmo administrativo e financeira. O Mercado Food Service quer incentivar a interatividade com o público e todos os consultores estão disponíveis online para tirar dúvidas e dar orientações.

O mercado – Os serviços de alimentação é um mercado que prossegue crescendo acima dos índices de outros segmentos econômicos e tem sido bastante procurado pelos novos empreendedores e fruto de investimento mesmo de quem já está no setor.  No último ano, segundo dados do Instituto Food Service, este segmento cresceu 7% mesmo diante da chamada crise brasileira.

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Plataforma destaca projeto para o Pizza Makers

O site Mercado Food Service conversou com o designer e diretor do StudioIno Emmanuel Melo para entender os desafios e soluções do projeto para o restaurante PizzaMakers, inaugurado recentemente.

“No final do ano passado, a gente recebeu a visita de um jovem empreendedor, o Greg Machado. Muito jovem, mas com muita energia, ele tinha uma ideia na cabeça: montar um negócio de pizza diferente dos convencionais”, explica Melo. “O conceito básico seria uma pizzaria onde o consumidor monta a sua própria pizza”.

A ideia era proporcionar um momento divertido ao cliente e, ao mesmo tempo, servir boa comida. “Você escolhe o tipo de massa, você escolhe o molho que vai utilizar, escolhe os ingredientes, a proteína, enfim, e a pizza é assada em dois minutos na frente do cliente. Seria juntar um pouquinho o entretenimento, a experiência do consumidor, e um produto de qualidade, a uma preferência nacional que é a pizza”, diz.

Os times de arquitetura e design do StudioIno trabalharam em conjunto e, ouvindo as necessidades do cliente para desenvolver o projeto. “O nosso desafio era tornar isso realidade. O nosso trabalho como consultores e designers de foodservice era transformar a ideia de Greg em um negócio”, conta Melo.

O próprio conceito, que mistura produto de qualidade, com serviço rápido e preparação na frente do cliente, impôs a necessidade uma solução eficiente de equipamento. Saiba mais detalhes sobre essa escolha.

Os resultados do projeto podem ser conferidos abaixo:

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.