Livro destaca projetos inovadores da indústria de alimentação

A J.J Carol Editora lançou o livro Food Service e Indústria Alimentícia, destacando projetos de arquitetura e design nesse setor. O StudioIno está presente na obra com quatro trabalhos e a diretora Diris Petribú escreveu a introdução da obra.

Destaques de arquitetura e design

São capítulos do livro os projetos de arquitetura do StudioIno para a rede Pizza Makers, o restaurante Olive Garden e a doceria B.Lem, além do trabalho de design realizado para a Tramontina.

A editora explica alguns fatores que fazem empresas do setor de alimentação se destacarem. “Projetos do segmento alimentício se caracterizam pela complexidade e interação de diferentes áreas envolvendo, desde a arquitetura e a engenharia até a física, precisando atender às rigorosas normas municipais, estaduais e federais, prever a expansão e modernização das instalações e de novas tecnologias e equipamentos. Ao mesmo tempo, precisam ser eficientes para atender um grande fluxo de pessoas, oferecendo ambientação, conforto, acústica, iluminação, temperatura e condições ideais de trabalho para os profissionais da área”.

Projetos em diferentes áreas

O livro conta com matérias escritas por especialistas em foodservice como José Carlos Dias Reis, Erlise Tancredi, Ivim Pelloso, Eduardo Prates e Wagner Antonio Natale. A compilação inclui projetos em diferentes áreas, entre elas: cozinhas industriais, restaurantes, bares, lanchonetes, padarias, serviços de alimentação dos hotéis, praça de alimentação de shoppings centers, supermercados, centros de abastecimento, branding de espaços, iluminação, design de equipamentos.

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

 

 

Consultores das Américas do Norte e do Sul se encontram para discutir tendências de foodservice

Como a realidade virtual (VR) e a realidade aumentada (AR) estão impactando nos projetos dos negócios de alimentação? Quais são os segredos de nutrição dos atletas de ponta? Que novas tecnologias estão despontando no varejo de comida?

Essa serão alguns dos temas discutidos durante a conferência da Sociedade Internacional de Consultores de Foodservice (FCSI)que será realizada de 19 a 21 de abril, em Denver, Colorado, nos Estados Unidos. Os diretores do StudioIno Diris Petribu e Emmanuel Melo vão participar como membros associados.

Sistemas de automação e aplicativos voltados para o mercado de foodservice serão alguns dos temas discutidos por Beth Ziesenis, especialista em tecnologia em alimentação. Ela será uma das palestrantes no segundo dia do evento.

A resolução de questões trabalhistas em negócios de foodservice será abordada por Chris Tripoli, consultor da FCSI, no terceiro dia da conferência. Também da Sociedade, Joe Shumaker vai conversar sobre tendências em equipamentos para display de alimentos.

As possibilidades que o software Revit traz para a arquitetura de estabelecimentos de foodservice é o tema de uma mesa redonda com profissionais da área e mediação da FCSI. Brian Anderson, membro da Associação Internacional de Tecnologia de Comidas e Bebidas (IFBTA, na sigla em inglês) também falará sobre TI. Mostrando como os empreendedores podem tirar o melhor retorno de sistemas que ajudam na criação de cardápios, controle de estoque, integração de fornecedores, fidelidade do cliente, entre outros.

Quer fazer parte da FCSI? Aproveite a conferência para fazer o teste

Durante o evento, consultores que ainda não são afiliados à FCSI mas querem ingressar na Sociedade terão a oportunidade de receber consultoria personalizada. Doug Huber, membro do Conselho para Padrões Profissionais da FCSI nas Américas, estará na conferência orientando os profissionais interessados sobre como funcionam os testes de admissão e como se preparar para eles. Huber estará disponível para consultas individuais marcadas, no qual o candidato poderá conversar e tirar dúvidas.

Os interessados que já conhecerem o processo e se sentirem aptos a passar pelos testes, poderão fazê-lo também durante a conferência. As provas, anteriormente apenas disponíveis em inglês, agora contam com versões em português, francês e espanhol. O exame inicial conta com 162 questões que testam os conhecimentos do aplicante sobre a indústria de foodservice. A aprovação é uma dos pré-requisitos para a associação à FCSI.

O que as Américas têm de mais inovador em produto de foodservice?

Dez produtos inovadores estarão em exibição durante toda a conferência. São itens selecionados dentre ideias de diferentes associados das Américas do Sul e do Norte que as enviaram para avaliação da FCSI antes do evento. Os avaliadores da Sociedade escolheram para exibição os produtos que mais mostraram excelência nos processos de pesquisa e desenvolvimento.

Imagem: Denver.org

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.