Franquia cearense Oh My Dog! chega aos EUA

Em julho será inaugurada a primeira unidade do Oh My Dog! nos Estados Unidos. A franquia especializada em cachorros-quentes começou em Fortaleza (CE) em 2012 e, atualmente, conta com 15 lojas no Brasil. A ida para os EUA já era parte dos planos da empresa desde a fundação.

O ponto do Oh My Dog! em terras americanas será um quiosque no centro de compras Florida Mall, na cidade de Orlando, Flórida. Jorge Kubrusly, dono da marca, começar a operar nos Estados Unidos faz todo sentido para a empresa. “O Oh My Dog! sempre teve muita coisa a ver com os EUA. Sempre buscamos nos inspirar na cultura americana. Eles são, afinal, os reis do fast foods e das franquias”.

Experiência no mercado internacional

O projeto do espaço é do StudioIno. O escritório desenvolveu as áreas de preparo do alimento e de atendimento dos clientes e desenhou a estrutura do quiosque, que tem 9 metros quadrados.

O empresário conta que já mantinha contato com o StudioIno há algum tempo, discutindo ideias e propostas. A parceria finalmente saiu do papel quando a empresa percebeu que precisaria de consultores experientes para o projeto da unidade americana. “Não tive dúvida. São profissionais qualificadíssimos e à altura do passo que estamos dando em nosso business”, conta Kubrusly.

O StudioIno já tem experiência no exterior. Desde 2007, o escritório desenha equipamentos para bares e restaurantes para a marca Fagor. Voltados para o mercado norte-americano, os produtos são fabricados no México e vendidos nos EUA.

Marca brasileira, mas de olho no público americano

O empresário explica que não quer abrir um ponto voltado apenas para os consumidores brasileiro que moram em Orlando. A ideia é conquistar o público local, atraindo quem circula pelo centro de compras. “Nossa proposta foi totalmente desenvolvida para os hábitos e paladar do público norte-americano. Fizemos bechmarking por muitos meses e muito estudos de concorrentes para desenhar o cardápio ideal, as porções e comunicação de ponto de venda para que não fossemos “estranhos” mas sim algo que eles já gostam porém, apresentado de forma melhorada”.

A franquia tem a filosofia de misturar a comida tão tradicional americana com a descontração brasileira. As casas da rede servem os famosos hot dog, com ingredientes e receitas de alta qualidade. No ambiente, uma estrutura simpática e moderna. O empresário quer manter este conceito, mas com sabor americano.

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Franquia brasileira selecionada para publicação em anuário americano de foodservice

Todos os anos, a Sociedade Internacional de Consultores de Foodservice (FCSI, na sigla em inglês) escolhe projetos de arquitetura e gestão de diferentes países para publicação na revista Project ShowCase. O objetivo é destacar ideias inovadoras e relevantes. Pelo segundo ano consecutivo, o StudioIno conquistou um espaço no anuário. Desta vez, com o projeto de desenvolvimento da franquia Pizza Makers.

Membros da FCSI de todo o mundo podem submeter iniciativas para avaliação a publicação. Para a edição de 2018, foram selecionados 14 projetos. O trabalho dos consultores Nathalia Sifuentes e Armando Pucci o Hotel Palacio Tangara também foram escolhidos. Esses são os dois únicos projetos brasileiros escolhidos, todos os outros 12 da lista são ações de escritórios norte-americanos.

O que se destaca no projeto para o Pizza Makers

O trabalho do StudioIno com o Pizza Makers começou em 2016 quando o empresário Greg Machado procurou os consultores para tirar do papel a ideia para um empreendimento no qual o cliente pudesse montar a própria pizza.  O StudioIno atuou desde a criação da filosofia até o acompanhamento das obras. O trabalho todo envolveu: desenvolvimento do conceito, projeto de cozinha, projeto de arquitetura e interior, projetos complementares, e projeto de branding, ou seja, nome, marca, uniforme e elementos gráficos da comunicação com os clientes.

A operação do Pizza Makers cria uma nova experiência para os consumidores. A filosofia do restaurante se baseia na cultura “maker”, que valoriza as ideias de “faça você mesmo” e “mão na massa”. Essa abordagem se faz presente em todos os aspectos do restaurante, desde a comunicação visual até a própria arquitetura do espaço.

Pizza Makers hoje conta com cinco unidades abertas no estado de São Paulo. Outros quatro pontos estão em obras e Greg Machado, fundador da rede, afirma que elas devem ficar prontas ainda no primeiro semestre de 2018.

Saiba tudo sobre o projeto do Pizza Makers

Viena Delish na publicação da FCSI

No ano passado, outro projeto do StudioIno também foi selecionado para publicação na Project ShowCase. Naquela ocasião, o desenvolvimento do novo posicionamento do restaurante Viena Delish foi escolhido.

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Como é o processo de desenvolvimento de um equipamento para foodservice

Da observação de um problema vem a ideia para a solução. Neste vídeo editado para a Topema Cozinhas Profissionais, o designer Emmanuel Melo fala sobre o processo de desenvolvimento de uma inovação em foodservice. Os produtos em questão são os itens da linha KeepMyFood, uma nova forma de pensar conservadores de alimento.

 

Mais sobre o KeepMyFood

A linha KeepMyFood é composta por conservadores e expositores de alimentos. Os produtos foram desenhados exclusivamente para a Topema. Os equipamentos são feitos em alumínio, aço e vidro temperado, e contam com resistência cerâmica e iluminação em LED.

A Topema destaca algumas vantagens competitivas da linha Keep My Food. Entre elas, forma inovadora de aquecer, leveza, design moderno e fácil manutenção e manuseio.

 

Saiba tudo sobre o Keep My Food  

Veja como foi o desenvolvimento da linha Keep My Food

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Quais são as mais recentes inovações em cozinha?

Os equipamentos vencedores do KI Awards, o prêmio de inovação em cozinha deste ano, estarão expostos na NRA Show, a feira da associação norte-americana de restaurantes, e os diretores do StudioIno Diris Petribu e Emmanuel Melo vão conferir de perto as novidades. O evento será realizado de 19 a 22 de maio, em Chicago, EUA.

A organização da feira informa que a premiação KI destaca os produtos mais revolucionários e inventivos para as operações no BOH. São, por exemplos, tecnologias para melhorar a segurança alimentar do estabelecimento ou maximizar o uso eficiente da água e da energia. O prêmio é entregue há mais de uma década e, esse ano, 22 equipamentos receberam a honraria.

NRA Show

O prêmio de inovação é uma das principais atrações da feira da NRA, mas o evento, um dos mais importantes do setor nos EUA, oferece várias opções de aprendizado, troca de ideias e interação. Um dos maiores eventos de foodservice dos Estados Unidos, a feira está prestes a completar 100 anos, essa é a edição de número 99. A NRA show reúne cerca de 2 mil expositores que, por sua vez, atraem um público de 67 mil visitantes.

Outras programações de destaque, esse ano, serão:

Feira de comida americana: Organizada pelo Departamento de Agricultura dos EUA, esse pavilhão vai mostrar os produtos americanos para exportação.

BAR: um espaço dedicado aos drinks. Novidades em ingredientes, misturas e fornecedores nesse setor.

Pavilhão italiano: pratos e vinhos direto da Itália.

Hub da inovação: espaço dedicado às soluções que combinam alta tecnologia e foodservice.

Prêmio FABI: premiação que destaca os melhores pratos e bebidas do ano.

A National Restaurant Association foi fundada em 1919 e tem sede na capital americana. Atualmente, a associação representa 350 mil estabelecimentos de foodservice pelos Estados Unidos.

Além da visita aos expositores da NRA Show, os diretores do StudioIno vão aproveitar a ida aos EUA para fazer mais pesquisa de campo. “Vamos ver as novidades na feira e os conceitos de foodservice que estão fazendo sucesso nas ruas em Chicago e Nova York”, conta Melo.

 

 

Imagens: NRA Show no Instagram

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

A História do KeepMyFood

Como designer sou curioso e inconformado.

Fui treinado para observar e me colocar na pele das pessoas durante as mais corriqueiras atividades.

O foodservice é o meu cenário predileto de observação e de busca de oportunidade para melhorar a experiências das pessoas.

Diariamente, eu almoço em um restaurante por kg aqui no bairro, perto do escritório.

Vejo a comida nos balcões de self dentro de cubas de aço inox, conservadas em esfumaçados banhos-marias, aquecidos por fogareiro a álcool e exposta aos bocejos dos meus colegas consumidores.

Isso não parece uma boa solução para expor, conservar e servir comida.

Dessa observação nasceu, há cerca de dois anos, o KeepMyFood.

KeepMyFood é um conjunto de equipamentos para a exposição e distribuição de alimentos, aquecidos e refrigerados, que utilizam placas de vidro temperados e decorativos como superfície térmica para conservar a temperatura das comidas. A linha se completa com protetores salivares, expositores built-in, aquecedores superiores e acessórios.

Um encontro casual

No início do ano passado, o StudioIno recebeu a visita do presidente da Topema, Sr. Nelson Cury filho, para tratar de outro tema. O Sr. Nelson viu um protótipo da Bandeja Térmica KeepMyFood aquecendo uma porção de pão de queijo e outros quitutes que lhe oferecemos. De cara, ele se interessou pelo projeto.

O resultado

Após um ano de testes realizados pela equipe de engenharia da Topema, o resultado pode ser visto nas prateleiras das principais lojas do setor e também na internet. As Bandejas Aquecedoras Portáteis foram os primeiros produtos do sistema de distribuição de alimentos KeepMyFood a chegarem ao mercado. Os produtos já estão disponíveis para os restaurantes por kg e para outras operações de foodservice.

Com design simples, as bandejas são fáceis para usar e limpar, não utilizam chama aberta ou combustíveis como réchauds, nem água aquecida como em banhos-maria.

Versáteis e práticos, esses expositores inovam o serviço de distribuição de alimentos de forma segura para o consumo enquanto agregam melhor percepção de valor ao restaurante e contribuem para uma excelente apresentação profissional dos pratos.

Os expositores KeepMyFood atendem a Resolução RDC n. 216, 2004 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), com temperaturas seguras para conservação dos alimentos e protetores salivares.

Nós do StudioIno estamos orgulhosos e com certa dose de vaidade por participar desse lindo projeto.

Emmanuel Melo – FCSI, Designer e Diretor do StudioIno.

 

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Solução inovadora para conservar e servir alimentos será apresentada ao mercado dia 12 

Na próxima quinta-feira (12), a Topema irá receber o público para mostrar os mais recentes produtos da marca, os equipamentos da linha KeepMyFood. O evento será na Avenida Paulista, 1009, às 17h. Os interessados devem confirmar presença pelo telefone (11) 2134.7400 ou pelo email vaber.comercial@topema.com.

A KeepMyFood conta com conservadores e expositores de alimentos. Os itens foram desenhados pelo StudioIno por encomenda da Topema. Os equipamentos são feitos em alumínio, aço inoxidável e vidro temperado, e contam com sistema de aquecimento ou refrigeração e iluminação em LED.

Diferenciais da KeepMyFood

A Topema destaca as seguintes vantagens competitivas para a linha KeepMyFood:

Inovação no aquecimento: Os expositores aquecem o vidro pela resistência elétrica em silicone com potência dimensionada. Nada de chama aberta ou banho maria.

Equipamento leve: Versatilidade e facilidade no transporte.

Design moderno: Todos os equipamentos realçam positivamente o ambiente.

Fácil manutenção: Sua estrutura facilita a limpeza e consertos no equipamento.

Sustentabilidade: Os expositores não utilizam chama aberta, água aquecida ou combustível.

Controle da temperatura: A temperatura é exibida em display digital. A regulagem é feita pelo controle também digital.

Saiba mais sobre a linha KeepMyFood

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

KFC mostra novos conceitos para profissionais de foodservice

A Kentucky Fried Chicken (KFC) reuniu fornecedores da América Latina em Lima, no Peru, para apresentar as novidades da marca. A convenção foi realizada de 30 de janeiro a 1 de fevereiro foi voltada especificamente para profissionais das áreas de design, arquitetura e engenharia que trabalham para a rede. O StudioIno estava presente com a diretora de arquitetura Diris Petribu, e a arquiteta Luisa Gambaro.

Durante o evento, os convidados conheceram os detalhes do novo formato de loja que a KFC irá trazer, em breve, para o mercado. Diris conta que a convenção foi uma boa oportunidade para os fornecedores “alinharmos novos conceitos e trocarmos experiências” com a rede de restaurantes.

Está é a primeira vez que o StudioIno participa da reunião latina. A KFC passou a ser cliente do escritório em 2017, quando o time de arquitetura desenvolveu o projeto para duas unidades da gigante de fast food. Uma em Campo Grande, no Rio de Janeiro, e outra no Shopping Itaquera, em São Paulo.

KFC no Brasil – A gigante americana do fast food tem 47 restaurantes no Brasil. Além de vários pontos nos estados do Rio e São Paulo, a marca tem unidades na Bahia, no Ceará e no Espírito Santo. O carro chefe do menu é, claro, o frango frito, vendido nos icônicos baldinhos, com diferentes opções de molho.

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Apex divulga solução de design brasileiro para mercado americano

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) divulgou o projeto desenvolvido pelo StudioIno para a Topema tendo em vista o mercado dos Estados Unidos. O redesign do robô para vendas automática de sorvetes foi realizado para humanizar o produto e torná-lo mais competitivo no exterior.

A matéria da Apex mostra todos os detalhes do trabalho e os objetivos da Topema para crescimento no mercado americano. Leia mais clicando na imagem abaixo:

Design brasileiro para exportação

A projeto para a Topema foi realizado como parte do programa Design Export da Apex-Brasil, do qual o StudioIno faz parte. A iniciativa seleciona, por meio de editais, empresas brasileiras com perfil exportador. A partir daí, o Design Export dá todo suporte, inclusive financeiro, para o desenvolvimento de projetos de embalagens e/ou produtos. O incentivo tem como objetivo aumentar a competitividade das empresas brasileira na busca de novos mercados no exterior.

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

FCSI destaca trabalho de brasileiros em conselho de padrões profissionais

Na mais recente publicação online, a FCSI (Sociedade Internacional de Consultores de Foodservice) publicou um artigo intitulado “A conexão brasileira” elogiando o papel dos membros Emmanuel Melo e Raoni Saade no Conselho de Padrões Profissionais para as Américas (CPSTA, na sigla em inglês) da organização.

O texto foi escrito por Alberto da Costa, ex-presidente e hoje conselheiro da FCSI. Primeiro ele apresenta os brasileiros: “Emmanuel e Raoni representam bons exemplos de sabedoria e juventude exuberantes. Além disso, são duas pessoas que admiram bastante o trabalho um do outro”.

Em seguida, Costa continua o texto detalhando o que ele chamou de “dois bônus” resultantes da presença de Emmanuel e Raoni no conselho:

“O primeiro bônus foi e é que ambos os convidados / candidatos / novos membros / queridos colegas mostraram ter mentes abertas, uma vontade de ser vulnerável aos desafios da linguagem e um intelecto feroz”.

Mais adiante, ele continua: “O segundo bônus foi, e continua sendo, a intensa paixão que Emmanuel e Raoni mostram por tudo o que eles empreendem, tanto em nossas reuniões conjuntas quanto quando estão de volta em casa. Essa paixão se refletiu na intensidade de nossas conversas e na quantidade de trabalho “de missionário” que os dois cavalheiros realizaram com sucesso com seus colegas da América do Sul”.

Costa fala ainda dos desafios que o próprio conselho enfrentou e superou para acomodar os estrangeiros. “Trabalhamos por algum tempo para discernir a melhor maneira de receber os novos representantes do Brasil, o que significava que devíamos considerar como abordar os potenciais desafios linguísticos, a diferença de perspectivas na cultura e proporcionar um lugar onde todos poderiam aprenderem uns sobre os outros de uma forma sincero e divertida”.

Veja o texto completo 

Emmanuel Melo e Raoni Saade em uma pausa durante a última reunião do CPSTA em Chicago, EUA.

Brasileiros na FCSI

Emmanuel Melo é diretor de design do StudioIno. Ele faz parte da FCSI desde 2015 e atualmente é membro profissional, tendo sido um dos primeiros a ser aprovado nos testes em português. A FCSI está implementando exames voltados para o mercado brasileiro e o conselho foi responsável por traduzir e adaptar as provas, no ano passado. Raoni Saade é gestor de produtos e processos da Mapa Assessoria e também membro profissional da FCSI.

Saiba como fazer parte da FCSI 

Sobre a FCSI

A FCSI foi fundada nos anos 1950 nos Estados Unidos e reúne mais de 1.300 especialistas do mercado de alimentação em 46 países ao redor do mundo. A sociedade conta com testes rigorosos para aprovar novos membros e promover os antigos. Para continuar sendo parte do grupo, o profissional precisa ainda seguir uma programação de atividades de educação continuada e atuar dentro dos padrões éticos estabelecidos pela FCSI.

Sobre o Conselho

Conselho de Padrões Profissionais para as Américas (CPSTA) tem como atribuição determinar diretrizes de desempenho para os consultores da FCSI. Além de medir e estimular a manutenção destes padrões entre os membros da Sociedade.

 

Mais notícias sobre a FCSI no Brasil:

Mais especialistas do StudioIno passam a integrar a FCSI

Publicação americana vai mostrar inovações de projeto em restaurante brasileiro

Mercado brasileiro de foodservice terá certificação de associação internacional

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.

Topema avança no mercado americano com design brasileiro

O programa Design Export divulgou, recentemente, o case da Topema. A empresa está expandindo o portfólio de exportação com um produto redesenhando pelo StudioIno:

Com uma história de mais de 50 anos, a Topema Cozinhas Profissionais fabrica equipamentos e acessórios para cozinhas em Diadema, São Paulo. A empresa já exporta para os Estados Unidos e, para aumentar a percepção de valor em um dos seus produtos, participou do Design Export para redesenhar o equipamento.

Trata-se do ROBO FROZEN®, produto da linha Innovations que se comporta como uma vending machine totalmente automatizada para a venda de sorvetes, doces e quaisquer produtos consumíveis que podem ser dosados. De acordo com Lourival Nascimento dos Santos, diretor de inovação da Topema, era preciso fazer melhorias no equipamento. “A percepção é de que a máquina atual ainda intimida o usuário. Ela precisa trazer aos consumidores uma experiência de compra agradável e interativa. Nossa intenção foi deixá-la com uma interface melhor e com acabamento perfeito, além de cumprir as exigências de órgãos certificadores nacionais e internacionais”, comenta.

O escritório StudioIno foi conectado à empresa e assumiu o projeto de redesign do ROBO FROZEN®. “O grande desafio era humanizar um equipamento robótico automatizado. Trabalhamos na melhoria da percepção visual, na criação de trilha sonora, nas luzes e na comunicação no ponto de venda. Tudo isso para melhorar a experiência do consumidor”, diz o designer Emmanuel Melo.

 

Informações do Design Export

 

Siga o StudioIno no Facebook e no Instagram.

Acompanhe o StudioIno no Pinterest.

Saiba mais sobre o trabalho de design do StudioIno.

Saiba mais sobre o trabalho de arquitetura do StudioIno.